O que é e como funciona o vesting na fase inicial do negócio?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Após a deliberação da ideia a ser desenvolvida pelos empreendedores, há o momento de divisão de tarefas e, consequentemente, de divisão de cotas de participação naquele empreendimento que está sendo criado.

É nesse ponto que surge a necessidade de elaboração do Memorando de Entendimento dos Empreendedores, a fim de que seja formalizado todo o acordo que está sendo feito pelos empreendedores para o desenvolvimento da ideia que será colocada no mercado pelos mesmos.

Já nessa fase inicial é extremamente importante que os empreendedores que estão se unindo para determinado projeto em comum (sócios de fato), definam qual a participação de cada um e quais são as suas tarefas específicas, para evitar discussões futuras acerca do que cada um havia prometido ou não fazer, gerando discórdias e conflitos completamente desnecessários – mas recorrentes nas sociedades.

Nessa seara aparece a figura do Vesting, que permite a aquisição progressiva de participação no negócio, podendo ser formalizada através de uma cláusula contratual ou até mesmo através de um instrumento contratual próprio apenas para defini-la. Faz-se extremamente interessante a deliberação pela utilização dessa forma de aquisição no início do empreendimento para que os sócios e até mesmo eventuais investidores, que no início do empreendimento ainda não sabem exatamente como cada um irá reagir e agir no decorrer do negócio, possam ir adquirindo a participação ao longo do tempo e de acordo com o cumprimento de determinadas tarefas que lhes couberem.

Como funciona a utilização prática e quais os benefícios?

Imagine uma sociedade em que dois sócios se uniram, conferindo 40% de participação a cada um (totalizando 80%) e que chamaram um desenvolvedor para integrar a sociedade e elaborar parte das funcionalidades do projeto, atribuindo-lhe, de cara, 20% da sociedade.

Agora, imagine que um dos sócios trabalhou 15 horas por dia cumprindo suas tarefas e a do outro sócio que não eram cumpridas, foi abandonado pelo outro sócio no meio do projeto e que, para deixar a situação mais real e complexa, o desenvolvedor não elaborou as funcionalidades do projeto da forma combinada. Após o sócio principal realizar tudo praticamente sozinho, o projeto passa a valer milhões e como ficará a divisão? Regra geral, sem como provar de forma concreta todo esse combinado, a divisão inicial permanece (40%, 40% e 20%) e a injustiça se instaura.

Essa situação é mais comum do que se imagina, levando-nos a concluir que, na prática, quando não bem delineada a sociedade, os prejuízos a longo prazo podem ser enormes, não só financeiramente falando, já que na maior parte das situações de sociedade são envolvidas amizades e familiares nos negócios.

Não é à toa que existe o ditado: Amigos, amigos, negócios a parte!

Vale destacar o Vesting, que teria resolvido e evitado todo o desconforto e prejuízos financeiros para o empreendedor, já que as cotas da sociedade de fato, ou seja, a participação que cada um terá direito, poderá ser regulamentada de acordo com a efetiva participação de cada um, de forma gradual, conforme o cumprimento de metas e conforme o tempo de participação no empreendimento.

Nesse sentido, a intenção do Vesting é refletir nas cotas da empresa a efetiva realidade, o envolvimento real dos empreendedores para com o projeto, evitando situações que não reflitam essa sociedade no futuro e que poderão gerar conflitos entre os empreendedores e para o empreendimento.

Portanto, com um Memorando de Entendimento de Empreendedores bem elaborado na fase inicial do empreendimento, com cláusulas bem particularizadas, deixando clara toda a situação combinada, atividades de cada empreendedor e participação a ser adquirida ao longo do tempo, com a cláusula de Vesting, os empreendedores ficarão muito mais protegidos e satisfeitos com o resultado, já que, cada um adquirirá apenas aquilo que efetivamente lhes couber, conforme a concreta contribuição para o projeto.

Esperamos que este conteúdo tenha auxiliado na compreensão sobre o que é o Vesting e como ele pode ser utilizado na fase inicial do negócio. Mas, se quiser saber mais sobre o assunto, busque o apoio especializado sobre o tema; o L&O está à disposição para apoiá-lo!

Atualizado em 26/05/2021.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Leia também

Como sua Startup pode abrir uma empresa no exterior

No processo de abertura e crescimento de uma Startup, expandir os limites territoriais, por meio da constituição de uma empresa no exterior, pode ser uma boa ideia. Então vem conhecer mais sobre a famosa offshore!

9. Propriedade Intelectual e Industrial

Não é autorizada a utilização das Marcas e de qualquer propriedade intelectual e/ou industrial do L&O pelos USUÁRIOS do SITE sem a prévia e expressa autorização e aprovação do L&O, ficando resguardados todos os direitos acerca destas.

Ao acessar o SITE, você concorda que respeitará a existência e a extensão dos direitos de Propriedade Intelectual do L&O, bem como de todos os direitos de terceiros que sejam usados, a qualquer título, no SITE, ou que venham a ser disponibilizados de outras formas.

O acesso ao SITE não lhe dá direito ou prerrogativa ao uso de qualquer Propriedade Intelectual, Marca ou outro conteúdo nele inserido.

Se você violar as proibições contidas na legislação pátria vigente sobre propriedade intelectual e/ou neste Contrato, você poderá ter a sua Conta de Acesso bloqueada ou excluída definitivamente, se tiver uma, além de ser responsabilizado, civil e criminalmente, pelas infrações cometidas.

4. Conta de Acesso ao OFFICE

Apenas clientes do L&O, que tenham contratado plano de Assessoria Jurídica, poderão ter acesso à área restrita do SITE, denominada OFFICE. Se for o seu caso, continue a leitura. Caso contrário, pule este tópico e vá para o próximo!

Para que seja possível o acesso ao OFFICE, é indispensável a criação de uma Conta de Acesso. Esta Conta será criada pelo próprio L&O que, na oportunidade, solicitará os dados necessários a você. Você declara que as informações fornecidas são completas,
verdadeiras, atuais e precisas, sendo de sua total responsabilidade informar ao L&O
sempre que houver modificação/atualização de informação relevante.
Além disso, no momento de criação da Conta de Acesso, o L&O determinará o nome de usuário (login) e uma senha provisória para que você consiga acessar o OFFICE.

Após a criação da Conta de Acesso, o L&O enviará a você, via e-mail previamente
informado, seus dados para acesso ao OFFICE (login e senha), sendo que, para maior
proteção e segurança, você deverá alterar a sua senha no primeiro acesso.
É de sua exclusiva responsabilidade a manutenção do sigilo do nome de usuário e da
senha de acesso relativos à sua Conta de Acesso, devendo comunicar imediatamente ao L&O em caso de perda, divulgação ou roubo destes dados ou, ainda, de uso não
autorizado de sua Conta de Acesso.

Após a criação da Conta de Acesso pelo L&O e recebimento das credenciais, você
declara aceitar de forma expressa este Termo ao efetivar o seu primeiro acesso. Haverá, portanto, o consentimento expresso para a coleta, uso, armazenamento e tratamento de dados pessoais pelo L&O e/ou por terceiros contratados pelo escritório para finalidades legítimas e diretamente atreladas ao SITE e ao próprio L&O.

O L&O poderá recusar, suspender ou cancelar a Conta de Acesso de um USUÁRIO sem prévio aviso sempre que suspeitar que as informações fornecidas são falsas,
incompletas, desatualizadas ou imprecisas, com a finalização da relação entre L&O e o USUÁRIO Cliente ou ainda nos casos indicados nas leis e regulamentos vigentes
aplicáveis, nesse documento, mesmo que anteriormente aceito.

Cancelamento da Conta de Acesso ao OFFICE

A sua Conta de Acesso ao OFFICE será encerrada a partir do momento em que a sua relação com o L&O chegar ao fim – e ficaremos bem tristes se isso ocorrer – estando ativa apenas enquanto estiver vigente o Contrato de Prestação de Serviços de Assessoria Jurídica para a adequada prestação dos serviços.

É importante que você compreenda que o encerramento da Conta somente ocorrerá a partir do momento em que o L&O e você conferirem mútua quitação, isto é, a partir do momento que ambos concordarem que não há mais nada para reclamarem um do outro, não havendo qualquer pendência relativa a pagamentos, dentre outras. O encerramento será realizado pelo próprio L&O.

Entretanto, caso você pretenda eliminar definitivamente todos os seus dados do OFFICE, poderá solicitar a qualquer momento ao L&O, que analisará a melhor forma de seguir disponibilizando as informações necessárias, realizando a exclusão em seguida.