Economia e Estabilidade para a Empresa: a importância da advocacia preventiva para o empreendedor

Economia
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Importância da Advocacia Preventiva para o Empreendedor deve ser analisada em vários aspectos que trazem grandes benefícios à saúde das empresas. análise e elaboração de contratos é apenas um dos aspectos benéficos dessa relação entre empresa e advogado, sendo essencial pensar muito além. Assim, surge a importância de explicar sobre os benefícios no tocante à economia financeira e consequente estabilidade da empresa em virtude da assessoria jurídica.

Quando o empreendedor não possui a assessoria jurídica contínua, acaba por ser obrigado a contratar às pressas advogados que não estão por dentro da situação de sua empresa, perdendo tempo e dinheiro para tentar alinhar todas as informações necessárias à situação, além de despender valores não previstos no orçamento da empresa.

Em várias situações ocorre ainda de a empresa não saber como agir após receber intimações, perdendo prazos e deixando processos correrem à revelia, sem realizar qualquer tipo de defesa, implicando em altos gastos para a empresa e que poderiam ter sido evitados.

A desestruturação financeira do negócio não tão raramente é um resultado da falta de organização e planejamento do empreendedor que não pensou nas questões jurídicas e em seus catastróficos efeitos sobre a empresa.

Entretanto, a culpa não é exclusiva do empresário, tendo em vista que o seu foco deve ser a parte que detém conhecimento sobre o seu negócio, a sua preocupação deve ser meramente comercial, deixando que o seu advogado de confiança tome conta de toda a parte jurídica, alheia ao seu conhecimento.

Por outro lado, quando o empreendedor possui a preocupação de gerir o seu negócio de forma preventiva, contando com um advogado de confiança e efetuando o pagamento de uma assessoria jurídica em parcelas fixas mensais os benefícios serão inúmeros, tanto a curto quanto a longo prazo.

Agir de forma preventiva permite ao empreendedor um investimento programado para a saúde de sua empresa, permitindo que o advogado seja um parceiro do empreendedor que detém conhecimento sobre toda a situação da mesma.

Com o assessoramento jurídico o empreendedor terá a possibilidade de pensar no futuro de seu negócio, analisando possíveis problemas que possam ocorrer ao longo do tempo e tomando decisões preventivas, minimizando e até mesmo evitando custos não contabilizados, permitindo a saúde e estabilidade de sua empresa.

Como exemplo prático, podemos verificar que:

Em uma ação judicial trabalhista não prevista pela empresa, ante à prática de situações em desacordo com a legislação, um funcionário que receba cerca de um salário mínimo por mês e que trabalhe por cerca de cinco anos em uma empresa, poderá ingressar com uma ação judicial requerendo valores na monta de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais)*, fazendo com que o empreendedor receba uma intimação para se defender e comparecer à uma audiência em um curto prazo, sem ter como se preparar por si só de forma satisfatória.

A maior parte dos pedidos de um empregado em uma ação podem ser evitados e devidamente corrigidos previamente com a orientação e acompanhamento de um advogado de confiança, evitando-se assim a necessidade da demanda judicial. Entretanto, após ajuizada a demanda judicial, o empreendedor terá que buscar todos os documentos comprobatórios – com o risco de não mais serem possíveis de serem obtidos dado o tempo – para reunir e entregar a um advogado que, por sua vez e dada a complexidade da causa e da análise de documentação, cobrará cerca de 20% (vinte por cento) sobre o valor demandado pelo empregado (conforme Tabela de Honorários Advocatícios da OAB/MG -2015).

Nesse exemplo teremos custos médios em uma única ação judicial de R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais)* com advogado, custas judiciais de R$ 1.600,00 (mil e seiscentos reais)*, eventuais multas decorrentes de autuações, perícias de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais)* e valores em que a empresa será condenada ante à falta ou impossibilidade de comprovação do contrário ao alegado pelo empregado de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais)*. Totalizando-se assim, nesse caso, cerca de R$ 101.100,00 (cento e um mil e cem reais)* de despesas não previstas para a empresa.

Problemas jurídicos inesperados podem decretar a falência de uma empresa, entretanto, podem ser evitados com a simples contratação de uma assessoria jurídica para que contasse com orientação rotineira para a tomada de decisões da empresa.

A advocacia preventiva do negócio permite a manutenção da saúde da empresa, inibindo e até mesmo extinguindo grande parte dos problemas que poderiam ocorrer ao longo do negócio, permitindo a boa lucratividade e a estabilidade da empresa.

A empresa tem apenas a ganhar com a advocacia preventiva, tendo o advogado como parceiro de seu negócio, permitindo a atuação do empreendedor de forma orientada, a prevenção do surgimento de ações judiciais, a boa preparação prévia de documentação para se precaver ante à possibilidade de futuras demandas judiciais, além de poder até mesmo abater os valores do contrato de prestação de serviços advocatícios como despesa no Imposto de Renda.

Empresas com sócios ou diretores bem assessorados não permitem que o empreendimento siga um caminho obscuro, sem a devida orientação jurídica. É inegável a importância do empreendedor que age com a devida cautela para que não seja alvo de eventuais demandas judiciais, permitindo assim a boa saúde de seu negócio, a estabilidade e a economia financeira devidamente planejada e organizada do negócio.

Para conhecer mais sobre Direito Preventivo e os benefícios que este pode trazer para o mundo empresarial leia mais sobre o assunto nas publicações da categoria Direito Preventivo do nosso Informativo.

Tenha sempre um advogado ou escritório de advocacia em parceria. O melhor e mais econômico, sempre, é prevenir.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Leia também

9. Propriedade Intelectual e Industrial

Não é autorizada a utilização das Marcas e de qualquer propriedade intelectual e/ou industrial do L&O pelos USUÁRIOS do SITE sem a prévia e expressa autorização e aprovação do L&O, ficando resguardados todos os direitos acerca destas.

Ao acessar o SITE, você concorda que respeitará a existência e a extensão dos direitos de Propriedade Intelectual do L&O, bem como de todos os direitos de terceiros que sejam usados, a qualquer título, no SITE, ou que venham a ser disponibilizados de outras formas.

O acesso ao SITE não lhe dá direito ou prerrogativa ao uso de qualquer Propriedade Intelectual, Marca ou outro conteúdo nele inserido.

Se você violar as proibições contidas na legislação pátria vigente sobre propriedade intelectual e/ou neste Contrato, você poderá ter a sua Conta de Acesso bloqueada ou excluída definitivamente, se tiver uma, além de ser responsabilizado, civil e criminalmente, pelas infrações cometidas.

4. Conta de Acesso ao OFFICE

Apenas clientes do L&O, que tenham contratado plano de Assessoria Jurídica, poderão ter acesso à área restrita do SITE, denominada OFFICE. Se for o seu caso, continue a leitura. Caso contrário, pule este tópico e vá para o próximo!

Para que seja possível o acesso ao OFFICE, é indispensável a criação de uma Conta de Acesso. Esta Conta será criada pelo próprio L&O que, na oportunidade, solicitará os dados necessários a você. Você declara que as informações fornecidas são completas,
verdadeiras, atuais e precisas, sendo de sua total responsabilidade informar ao L&O
sempre que houver modificação/atualização de informação relevante.
Além disso, no momento de criação da Conta de Acesso, o L&O determinará o nome de usuário (login) e uma senha provisória para que você consiga acessar o OFFICE.

Após a criação da Conta de Acesso, o L&O enviará a você, via e-mail previamente
informado, seus dados para acesso ao OFFICE (login e senha), sendo que, para maior
proteção e segurança, você deverá alterar a sua senha no primeiro acesso.
É de sua exclusiva responsabilidade a manutenção do sigilo do nome de usuário e da
senha de acesso relativos à sua Conta de Acesso, devendo comunicar imediatamente ao L&O em caso de perda, divulgação ou roubo destes dados ou, ainda, de uso não
autorizado de sua Conta de Acesso.

Após a criação da Conta de Acesso pelo L&O e recebimento das credenciais, você
declara aceitar de forma expressa este Termo ao efetivar o seu primeiro acesso. Haverá, portanto, o consentimento expresso para a coleta, uso, armazenamento e tratamento de dados pessoais pelo L&O e/ou por terceiros contratados pelo escritório para finalidades legítimas e diretamente atreladas ao SITE e ao próprio L&O.

O L&O poderá recusar, suspender ou cancelar a Conta de Acesso de um USUÁRIO sem prévio aviso sempre que suspeitar que as informações fornecidas são falsas,
incompletas, desatualizadas ou imprecisas, com a finalização da relação entre L&O e o USUÁRIO Cliente ou ainda nos casos indicados nas leis e regulamentos vigentes
aplicáveis, nesse documento, mesmo que anteriormente aceito.

Cancelamento da Conta de Acesso ao OFFICE

A sua Conta de Acesso ao OFFICE será encerrada a partir do momento em que a sua relação com o L&O chegar ao fim – e ficaremos bem tristes se isso ocorrer – estando ativa apenas enquanto estiver vigente o Contrato de Prestação de Serviços de Assessoria Jurídica para a adequada prestação dos serviços.

É importante que você compreenda que o encerramento da Conta somente ocorrerá a partir do momento em que o L&O e você conferirem mútua quitação, isto é, a partir do momento que ambos concordarem que não há mais nada para reclamarem um do outro, não havendo qualquer pendência relativa a pagamentos, dentre outras. O encerramento será realizado pelo próprio L&O.

Entretanto, caso você pretenda eliminar definitivamente todos os seus dados do OFFICE, poderá solicitar a qualquer momento ao L&O, que analisará a melhor forma de seguir disponibilizando as informações necessárias, realizando a exclusão em seguida.